Fungo nas unhas: o que é, quem está em risco e como prevenir




Fungo nas unhas é um problema muito comum. No início, você pode ver manchas amarelas, marrons ou brancas debaixo da unha do dedo do pé ou da mão. Quando uma infecção por fungos se desenvolve, sua unha infectada pode começar a mudar de cor ou até mesmo se desintegrar. Esta condição pode envolver várias unhas.

Às vezes, o fungo nas unhas pode não ser muito grave e não ser preocupante. Nesses casos, você pode não precisar de nenhum tratamento específico, mas consulte seu médico para obter as recomendações necessárias.

Quando você tem unha com fungos e ela está dolorosa, é hora de se consultar com um médico e ter o tratamento adequado. O fungo nas unhas é uma condição complicada, portanto, lembre-se que mesmo que você a tenha tratado e se livrado dela, ela, muitas vezes, pode voltar.

Vamos aprender mais sobre seus sintomas. Então, você pode ter fungo nas unhas se perceber que sua unha está mais grossa, quebradiça ou desigual, há manchas coloridas nela ou um odor desagradável. O fungo nas unhas geralmente afeta as unhas dos pés, mas as vezes também ocorre nas unhas do dedo.

Consulte-se com um médico caso perceba que algo está errado com suas unhas e estiver piorando. Visite também seu médico se você tem diabetes e suspeita que esteja desenvolvendo fungos nas unhas.


Vários fatores aumentam o risco de ter fungos nas unhas, incluindo:

  • Idade; pessoas idosas estão mais vulneráveis a esta condição;
  • Muito suor;
  • Caminhando com os pés descalços em locais públicos sujos, como academias e piscinas;
  • Problemas de pele, lesões nas unhas e na pele;
  • Diabetes;
  • Sistema imunológico enfraquecido.

Para evitar o fungo nas unhas:

  • Lave as mãos e os pés cuidadosamente e regularmente, não se esqueça de hidratar as unhas depois de lavá-los;
  • Corte suas unhas corretamente e desinfete-as;
  • Tente usar meias que absorvem o suor;
  • Escolha calçados confortáveis.

Esta publicação é apenas para fins informativos e não se destina a fornecer conselhos médicos. O WIKR não se responsabiliza por quaisquer possíveis consequências de qualquer tratamento, procedimento, exercício, modificação na dieta, ação ou aplicação de medicação que resulte da leitura ou seguimento da informação contida nesta publicação. Antes de realizar qualquer tipo de tratamento, o leitor deve consultar seu médico ou outro profissional de saúde.


Loading...